Artesão marcelinense transforma restos de papelão em obras de arte

Compartilhe:

Um marcelinense, que atualmente reside no município de Feliz (RS), na região de Caxias do Sul, está transformando restos de papelão e MDF em verdadeiras obras de arte.

Rogério Maximino de Lima, 43 anos, tem um talento e criatividade que impressiona até mesmo os artesões mais experientes e exigentes. Ele confecciona réplicas em miniaturas tendo por base apenas fotografias ou imagens que encontra na internet. São réplicas perfeitas que muitas vezes chegam confundir objetos reais do mundo imaginário. Na elaboração o artista é cuidadoso e detalhista características que garantem um trabalho de excelência e que a cada dia que passa tem despertado o interesse de mais clientes, que são apaixonados por esse tipo de arte.

Rogério descobriu o talento ainda na infância. De família humilde ele se obrigava a fazer os próprios brinquedos, pois os pais não tinham condições de comprar. Há 17 anos ele saiu de Marcelino Ramos e agora está retomando a atividade adormecida de artesão. As peças produzidas são diversificas: barcos, casas, casinhas de bonecas, carros e muitos outros objetos. O que para muitos é lixo, para Rogério é matéria prima que se transforma em peças cobiçadas.

Confira abaixo algumas fotos encaminhadas ao Portal de Marcelino.

1 2 3 4 5 7 8 9 10 12 15 17 20 23 26 30

Um comentário em “Artesão marcelinense transforma restos de papelão em obras de arte

  • 4 de agosto de 2017 at 13:27

    Meus parabens!!!
    Lindo trabalho, realmente estas miniaturas são magnificas..

    Parabéns Rogério, meu conterrâneo de naturalidade.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>