Na força do braço idoso rema contra a maré da idade em Marcelino Ramos

Compartilhe:
14980780_797564663709024_3122008909035698866_n

Foto: Bia Soccol

A história de Marcelino Ramos tem muitos personagens. Alguns ilustres, outros anônimos que estão inseridos em nossa comunidade e que geralmente passam desapercebidos. Um deles é o aposentado Oracildes de Marques. Com 86 anos, ele decora diariamente a paisagem do Lago do Rio Uruguai com seu pequeno e artesanal bote de madeira. A neta Paula de Marques relatou ao Portal de Marcelino que seu Oracildes, que nasceu em 1930, há mais de 40 anos faz a travessia diária. O aposentado supera com facilidade as mais de 8 décadas de vida e de muita experiência para cuidar de uma pequena lavoura e de animais que ele mantém na encosta catarinense, no município de Alto Bela Vista.

 Seu Oracildes tem uma intimidade muito grande com o rio. Ele se aposentou pela antiga Sadia, mas trabalhou na Ioscpe, uma empresa que transportava madeira com barcas pelo Rio Uruguai. Talvez a paixão pela água surgiu deste romance com sua profissão. Na força do braço o idoso rema contra a maré da idade de uma margem a outra do lago, num trecho onde o rio tem uma extensão de mais de 300 metros. “Esse homem é um ser humano fantástico, tive o privilégio de fazer a travessia por um ano com ele quando eu dava aulas em Bela Vista. aprendi muito com ele, com suas histórias, tivemos tantos sustos também, mas ele sempre foi muito valente, rema e conhece esse rio como ninguém” comentou nas redes sociais a professora Cleonice Valmórbida.

Muitas pessoas que cruzam pelo caminho do aposentado não escondem a admiração. “Todos os dias sempre na mesma hora esse senhor passa por mim quando saio do trabalho com sua sacola, sempre no mesmo trajeto e destino e daí me pergunto sempre: Será que conseguirei chegar a essa idade com tanta disposição e força, como tem esse senhor? Espero q sim, pois nesse senhor temos um grande exemplo de perseverança” destacou Leomar Rodrigues em seu perfil no facebook.

Com foco, força e fé ele faz a travessia nas primeiras horas da manhã, antes mesmo do dia amanhecer, e retorna a Marcelino no período da tarde. Remada após remada, ouvindo apenas o ruído característico do atrito dos remos de madeira e o barulho do contato deles com a água, seu Oracildes vai avançando e dando exemplo. Integrado a esta paisagem exuberante, ele sai do anonimato com esta reportagem e passa ser mais um ilustre personagem de nossa história, contada pelo Portal de Marcelino.

Quer conhecer outros personagens da nossa história? Clique AQUI
1 2 11225180_1362147043825774_5761664237996930056_n 14591613_1362147113825767_3842159218422808283_n 14721655_1362147170492428_2850263128620742217_n

Foto abaixo cedida por Bia Soccol
14980780_797564663709024_3122008909035698866_n

 

7 comentários em “Na força do braço idoso rema contra a maré da idade em Marcelino Ramos

  • 11 de novembro de 2016 at 00:28

    Parabéns seu Oracildes, por esta sua dedicação e amor ao trabalho e a vida, conheço bem este caminho que faz todos os dias, pois por alguns anos eu e meu irmão gêmeo, fomos seus companheiros nesta lida, quando dos 12 aos 16 anos trabalhamos para o senhor como diarista nesta mesma sua lavoura do outro lado do rio; desejo ao Senhor muito sucesso e vida longa.
    forte abraço.

    Valdecir Ribeiro da Silva
    Comendador Ambiental

    Reply
  • 5 de novembro de 2016 at 14:38

    O amor pelo trabalho e pelo Rio Uruguai, faz este senhor continuar, por muito tempo, dando remadas na caminhada da vida, ensinando muito a todos nós. Parabéns a quem convive com ele e a todos os seus familiares. De fato, um exemplo.

    Neri Biavatti
    Radialista
    Panambi – RS

    Reply
  • 3 de novembro de 2016 at 22:24

    O Rio Uruguai guarda marcas de toda vida do meu avô. Um homem batalhador, honesto.Remar não é um sacrifício. Mas um prazer.Um remédio.

    Reply
  • 3 de novembro de 2016 at 19:20

    Conheci este senhor quando fui funcionario da empresa Sadia. Sempre muito prestativo e comprometido
    Parabéns pela sua vitalidade .

    Reply
  • 3 de novembro de 2016 at 19:04

    Me pergunto se teremos herdado essa força e perseverança, e essa fé que move meu pai.

    Reply
  • 3 de novembro de 2016 at 18:50

    Este Homem, com (H) maiúsculo mesmo, é uma Grande Pessoa e sabe da admiração que tenho por ele e por seus familiares.

    Parabéns e Saúde PAI Oracildes.

    Continue a trabalhar, o Senhor sabe que é a melhor opção é o motivo que o mantém junto a nos.

    Ass.: Seu Filho Postiço.

    Reply
  • 3 de novembro de 2016 at 18:23

    Feliz em poder dizer este é meu velho querido. MEU PAI!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>