Romaria pode ser transformada em Patrimônio Cultura, Religioso e Imaterial de Marcelino Ramos

Compartilhe:

Foi encaminhado neste mês de julho à Câmara de Vereadores de Marcelino Ramos um projeto de lei que tem por objetivo transformar a Romaria de Nossa Senhora da Salette em um Patrimônio Cultura, Religioso e Imaterial do município. O projeto, segundo apurado pelo Portal de Marcelino, encontrou apoio dos vereadores pois trata-se de um dos maiores eventos religiosos do Sul do Brasil que todos os anos, no mês de setembro, atrai milhares de turistas à nossa cidade. A Romaria teve início no ano de 1936 pelos missionários saletinos e hoje tem uma importância muito grande para o município. Há quem entenda também que ela precisa se modernizar quanto a sua divulgação, adotando algumas estratégias digitais, mas todos são unânimes em reconhecer sua importância e relevância.

O Patrimônio cultural imaterial ou patrimônio cultural intangível é uma categoria de patrimônio cultural definida pela Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial e adotada pela UNESCO, em 2003. Abrange as expressões culturais e as tradições que um grupo de indivíduos preserva em respeito da sua ancestralidade, para as gerações futuras. São exemplos de patrimônio imaterial: os saberes, os modos de fazer, as formas de expressão, celebrações, as festas e danças populares, lendas, músicas, costumes e outras tradições.

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>