Uma casa envolvida numa grande lenda em nossa região

Compartilhe:

Uma casa, ou o que sobrou dela, envolvida numa grande lenda, comentários, e conversas em rodas de chimarrão. Os mais antigos, em depoimento ao Portal de Marcelino, dizem que nela, há muitos anos, morava um homem que tirava seu sustento de um engenho de cachaça. Fatalmente teria morrido afogado. Aos visitantes desta casa, dizem os mais antigos, ele sempre oferece um litro de cachaça, para quem se aventura a visitar os escombros. A casa fica localizada nas margens entre Volta Grande e Uruguai/SC.

Na internet, num grupo do facebook, encontramos alguns comentários. Preservamos os nomes, mas leia o que algumas pessoas escreveram sobre ela:

“Verdade A., td o q a tua mãe contava, vivemos uma noite de horrores nesse lugar, eu nunca mais tive coragem de ir lá ,e quem ñ acredita eu sugiro q passem uma só noite naquele lugar,tenho certeza q ñ conseguiram ficar e vão ter estória pra contar depois”.

 

“Meu avô A. M. era um dos fabricadores de cachaça no Uruguai Distrito De Piratuba ele contou essa história pra meu pai”

 

“Meus pais viveram ali quando eu tinha em torno de 1 ano de idade e minha mãe sempre contava com muita convicção histórias de aparições e assombros; já meu pai sempre falava que nunca viu nada.Veracidade ou não , existem muitas e muitas histórias em torno dessa antiga casa.”

 

 

1601145_598867616850749_649734267_n

Foto: Facebook/memórias de Volta Grande

7 comentários em “Uma casa envolvida numa grande lenda em nossa região

  • 26 de abril de 2020 em 16:13

    Aonde fica

    Resposta
  • 13 de fevereiro de 2020 em 14:25

    Alguém sabe o caminho ou um mapa pra que lado ir??

    Resposta
  • 9 de fevereiro de 2020 em 19:51

    Minha mãe sempre fala dessa casa ,toda vez que vamos na romaria em Marcelino Ramos, fala que sempre sonha que e pra ela ir lá ,foi um dia não conseguiu entrar diz que algo empurrava ela pra fora…

    Resposta
    • 13 de fevereiro de 2020 em 14:26

      Vc sabe me explicar onde fica, é facil de achar?

      Resposta
  • 8 de fevereiro de 2020 em 18:13

    Gostaria muito em visitar este local.
    Pois izto é ficção.
    Mas não sei o caminho

    Resposta
  • 8 de fevereiro de 2020 em 07:38

    Eu ficaria ali a noite toda ..se no final a casa for minha

    Resposta
  • 7 de fevereiro de 2020 em 22:21

    Eu nunca recusei uma cachaça. Até recomendo que é das boas. O problema que depois de um litro eu começava a ver visagem e escutar barulhos estranhos. Ate hoje vou la pra tomar um gole porque a cachaça e envelhecida.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Chat with us on WhatsApp